Dec 19, 2014

"Stop doing" é diferente de "stop to do"


O tópico hoje é sobre um erro que é simples de cometer, mas que compromete muito o entendimento. Trata-se do uso do verbo 'stop' seguido de gerúndio (-ing) ou de infinitivo (to + verbo). 

Vamos à explicação:

1) Stop + -ing
a) Please, Mary, can we go on now? Stop looking at this window shop. You're not going to buy anything anyway. (Por favor, Mary, vamos! Pare de olhar para esta vitrine. Você não vai comprar nada mesmo.)
b) John was working so hard that he realized he had to stop doing it for at least 5 minutes before he had a breakdown. (John estava trabalhando tanto que percebeu que tinha que parar (de trabalhar) por uns 5 minutos antes de ter um colapso.)

Nestes casos acima, a tradução para stop +-ing é 'parar de fazer algo'. 

2) Stop + infinitivo
a) I saw Mary walking down the street, then she stopped to look at a window shop. (Vi a Mary andando na rua. Depois ela parou para olhar uma vitrine.)
b) John was working so hard that he took a while to realize the phone ringing. Then, he stopped to answer the phone. (John estava trabalhando tanto que demorou para perceber o telefone tocando. Então, ele parou de trabalhar para atender o telefone.)

Nos exemplos do item 2 acima, a pessoa parou o que estava fazendo para fazer outra coisa. 

Compare: 

1) Susan stopped working when she was 50 years old. (Susan parou de trabalhar quando tinha 50 anos.)
2) Susan stopped to work. (Susan parou (de fazer alguma coisa) para trabalhar.)

3) Bruce stopped calling his brother. (Bruce parou de telefonar para seu irmão.)
4) Bruce stopped to call his brother. (Bruce parou (de fazer o que estava fazendo) para telefonar para seu irmão.)

Então, se você quer dizer 'pare de fazer algo', o certo é usar 'stop + -ing'. Se for, 'pare para fazer algo', o certo é usar 'stop + to+verbo).




Dec 2, 2014

Projetos literários na aula de inglês

Esta postagem é mais direcionada aos professores de inglês e trata-se de projetos que podem ser feitos a partir de algum livro de literatura sugerido em aula. Em geral, não é comum cursos de inglês pedirem que os alunos leiam obras literárias, mas seria o ideal. Há uma infinidade de livros de vários gêneros, separados por nível, para complementar o aprendizado e incentivar os alunos a lerem em inglês. Veja várias opções aqui.

Neste caso específico, a minha turma era de alunos entre 10 e 12 anos. Eles estavam no terceiro semestre de inglês (alguns já estavam há mais tempo). Foram sugeridos seis livros literários e os alunos os leram durante a aula, em dias específicos. Alguns alunos leram mais de um livro, outros leram apenas o que foi pedido. 

Como atividade avaliativa, sugeri sete projetos e os alunos tinham que escolher uma opção. Enfatizei que o propósito era que eles se divertissem ao fazer o trabalho, e não o fizesse apenas pela nota. As opções dadas foram:

1) Faça um pôster contendo as partes principais do livro.

2) Faça uma maquete contendo as partes principais do enredo ou uma parte específica do livro. Este trabalho pode ser feito em duplas.

3) Escreva uma carta ao autor do livro, fazendo comentários do que você achou da história ou fazendo alguma pergunta que você gostaria que o autor respondesse.

4) Imagine que você é diretor de cinema e vai adaptar o livro para ser um filme. Escolha os atores para serem os personagens principais e justifique suas escolhas. Exemplo: "Chris Hemsworth is going to be 'Gulliver' because Chris is strong and tall." Inclua fotos dos atores.

5) Crie um jogo envolvendo partes do enredo ou a história toda. O jogo pode ser tipo memória, perguntas e respostas, ou qualquer outro. Inclua as instruções. Este trabalho pode ser feito em duplas.

6) Encene uma parte do livro para a turma. Este trabalho pode ser feito em pares ou grupos.

7) Faça um vídeo com você (e/ou seus colegas) encenando uma parte do livro. Pode ser feito em pares ou grupos.

A maioria dos meus alunos preferiu fazer maquetes, cujas fotos incluí nesta postagem. Quem fez maquete tinha que apresentá-la aos colegas, explicando a qual parte do livro ela se relacionava. O destaque foi a maquete cheia de doces e balas, representando o livro "Wreck it, Ralph". Ficou um capricho e uma delícia! 
Uma aluna adaptou o jogo 'Killer' para o livro "Hacker" e nós jogamos durante a aula. Foi muito divertido. Um aluno desenvolveu um jogo de perguntas e respostas sobre o livro "Extreme Sports" e também foi muito interessante. Um outro aluno fez um vídeo bem legal em que ele perguntava e respondia perguntas sobre o livro "Hacker". O aluno fez o papel do entrevistador e do entrevistado.Todas estas atividades foram apresentadas em inglês e vi que os alunos realmente se empenharam em explicar o que criaram e a contar a história do livro. 

Então, para aqueles professores que quiserem levar literatura para a aula de inglês, fica esta ideia. Lembre-se de escolher livros dentro do nível de inglês da turma. 



maquete sobre o livro "Wreck it, Ralph". 
  

Trabalho sobre o livro "Gulliver"
Trabalho sobre o livro "Chicago"

Trabalho sobre o livro "Gulliver"

Nov 3, 2014

Near and nearby

"Near" e "nearby" significam "perto" e "por perto", respectivamente. Veja alguns exemplos para não se confundir na hora de escolher uma palavra ou a outra.

1) Near

- She lives near a supermarket, so it's very practical. (Ela mora perto de um supermercado, então é bem prático.)

- Is there a good restaurant near here? (Tem algum restaurante bom perto daqui?)

- I don't like sitting near the window. (Não gosto de me sentar perto da janela.)

ATENÇÃO: evite este erro comum: "I live *near to my son." O certo é "I live near my son", sem o "to". 


2) Nearby

- Is there a good restaurant nearby? (Tem algum restaurante bom por perto?)

- Her apartment is in a very strategic location. There are lots of stores, banks, and restaurants nearby. (O apartamento dela fica numa localização estratégica. Tem várias lojas, bancos e restaurantes por perto.)

- "We stopped at some nearby shops to buy some food." (from Cambridge dictionary) (Paramos em umas lojas por perto para comprar comida.)


Como 'near' é um adjetivo, ele pode ser usado no comparativo e no superlativo.

- Try to choose an apartment that's nearer your work than the one you lived in before. (Tente escolher um apartamento que seja mais perto do seu trabalho do que aquele em que você morava antes.)

- Where's the nearest internet café? (Onde fica o internet café mais próximo?)


E 'near' também pode ser usado no sentido de 'quase':

- She was near tears when I found her. (Ela estava quase chorando quando a encontrei.)

- Her salary is near to nothing, so she needs to find a better job. (O salário dela é quase nada, então ela precisa achar um emprego melhor.)


Fonte da foto: http://nhhtc.org/rapid-insight-and-nearby-registry-to-make-business-pitches-at-nh-high-tech-council-entrepreneur-forum-206/

Sep 25, 2014

Alguns usos de 'run'

O tópico hoje é sobre alguns usos da palavra 'run'. O significado principal de "run" é "correr", mas esta palavra também pode ter outros significados. Veja os exemplos abaixo:


1) "She runs with a weird crowd." significa "ela anda com um pessoal esquisito". "Run" aqui é simplesmente "andar com = ter a companhia de". 
  

2) "Being unlucky runs in the family." significa "ser azarado é coisa de família". Se algo acontece na sua família, ou é típico da sua família, você pode dizer "it runs in the family". Exemplo: 

"My cousin had twins. My aunt also had twins and my sister is expecting twins too. So, it runs in the family."

3) "He runs a very successful IT company." Aqui "runs" significa que ele preside/é dono de uma empresa de TI. Outros exemplos podem ser:  "She has run her family business for almost her entire life."; "I don't want to run a failing company." "I love that hotel. It's run by a family of Italians."

4) "He ran out of money on her second day in a foreign country." A expressão "run out of" significa "ficar sem". Esta frase pode ser traduzida como "Ele ficou sem dinheiro no segundo dia de viagem num país estrangeiro." Ou pode ser "o dinheiro dele acabou no segundo dia...". Expressões comuns:

'run out of cash' - ficar sem dinheiro; 
'run out of patience' - ficar sem paciência;
'run out of time' - ficar sem tempo; 
'run out of gas' - ficar sem gasolina.



Aug 20, 2014

Hump Day!

Hoje é quarta, o "hump day". Mas, por que 'hump day'? Este é um termo informal usado nos EUA que designa o meio da semana de trabalho. É uma alusão às corcovas de um camelo. Significa que você já conseguiu subir até a segunda corcova (hump), então você sobreviveu até o meio da semana, logo vai aguentar até o final! 

Happy Hump Day, people!







Olha que fofo este comercial: 

video

Jul 28, 2014

1 milhão e 600 mil visitas!

Chegamos a 1 milhão e 600 visitas e gostaria de deixar meus mais profundos agradecimentos a todos que acompanham meu blog há tanto tempo, aos que acabaram de chegar, aos que deixam seus comentários e também aos que compartilham o site com os amigos. Vou tentar continuar trazendo conteúdo interessante para todos vocês. 

No entanto, esta felicidade só não é maior porque, infelizmente, alguém achou engraçado infectar este blog. Aquele vírus que mostra a falsa mensagem de atualização java ainda continua aparecendo. Novamente peço a vocês que mantenham seus firewalls e antivírus sempre atualizados e que não executem o arquivo que a mensagem mostra. 

Obrigada mais uma vez

Jul 24, 2014

Usar ou não o 'the'?

Esta é uma edição de uma postagem que fiz um tempo atrás. Espero que gostem!

Coisinha meio traiçoeira em inglês é o artigo definido 'the'. Às vezes ele é preciso, às vezes, não. Vamos a algumas regras e exemplos de quando usar o 'the'.

1) USA-SE O THE:

a) diante de alguns nomes próprios como:
the Pentagon; the Parthenon; the Bible;
the Suez Canal; the English Channel; the BBC;
the House of Commons; the Institute of Psychiatry;
the Tate (Gallery); the Atlantic (Ocean) - nesses casos, subentende-se a parte em parênteses, mas mantém-se o 'the' mesmo que a palavra não apareça. Exemplos: I love to visit the Tate. I don't want to cross the Atlantic.

b) diante de nomes de lugares no plural, como em certos países, grupos de ilhas e montanhas:
the United States; the Netherlands; the Canaries (ou the Canary Islands); the Himalayas; the Alps.

c) com certos nomes de rios, oceanos, canais e outras partes da geografia:
the Amazon (river); the Panama Canal; the Gulf of Mexico.

d) nomes de instituições públicas, hotéis, restaurantes, museus, bibliotecas, hospitais, etc.:
the Waldorf Astoria; the Opera House (foto acima); the British Museum; the Museum of Natural History.

e) nomes de alguns jornais ou revistas:
the New York Times; the Economist.

f) diante de coisas que já foram mencionadas antes ou que as pessoas envolvidas na conversa saibam do que se trata:
Exemplos:

- Please, close the door and sit down. (as duas pessoas sabem que porta estão se referindo).

- Honey, I think it's time to call the kids. It's bedtime. (Querido, acho que está na hora de chamar as crianças. Está na hora de dormir.) Os dois sabem que crianças são.

- Oh, John! Come inside the house! It's raining! (John, entre em casa! Está chovendo!) Qual casa está clara para os dois.

2) NÃO SE USA O THE:

a) diante de nomes próprios, com ou sem algum título:
Mary; Mr. Smith; Richard III; Lord Nelson; Lady Churchill.

b) diante de feriados, épocas festivas, meses e dias do ano:
Christmas (Day); Easter; Carnaval; Monday; June.

c) diante de alguns nomes geográficos, de países, cidades, lagos, montanhas, etc.:
North America; Brazil; Rome; Brasilia; Lake Paranoá; Lake Michigan; Mount Everest; Times Square; Kennedy Airport.

d) diante de pronomes pessoais ou outros determinantes:
my house; his girlfriend; some people; that house, etc.

e) diante de substantivos comuns, exceto se há referência a eles antes ou se as pessoas envolvidas no diálogo saibam quais objetos estão sendo referenciados.
dogs; cat; house, ice cream, forest, etc.

Exemplos:

I love dogs, but cats are fine, too. (Adoro cachorros, mas gatos são legais, também.)

Compare:

I love dogs, but the dog he gave me is awful! (Adoro cachorros, mas o cachorro que ele me deu é horrível.)

- Do you like pizza? (Gosta de pizza?)
- No, only the pizza my mom makes. (Não, só da pizza que minha mãe faz.)

- Do you know Mary? (Conhece a Mary?)
- The Mary that used to live next door or another Mary? (A Mary que era nossa vizinha ou outra Mary?)

Erros comuns:

*I come from the Brazil, not from the United States. (O primeiro 'the' está errado; o segundo está certo.)

*After work, I'm going to the home. (Não se usa o 'the' diante de home. O certo é 'I'm going home'.)

*The elephants are big animals. (Não se usa o 'the' porque se refere aos elefantes em geral, e não a elefantes específicos.) Agora, compare:

- Oh, mom! Look how big the elephants are! I love coming to the zoo to see them! (Mãe, olhe como os elefantes são grandes! Adoro vir ao zoo para vê-los!) A mãe e o filho sabem a que elefantes estão se referindo.


Bem, prontos para usar o 'the' corretamente?

Jul 18, 2014

ATENÇÃO!

ATENÇÃO: ESTE BLOG ESTÁ FOI HACKEADO! POR FAVOR NÃO CLIQUEM NA FALSA MENSAGEM DE ATUALIZAÇÃO JAVA!!!

Desculpem o transtorno...vocês nem fazem ideia do trabalho que estou tendo para resolver este problema! Espero que logo tudo volte ao normal.
Se a falsa mensagem aparecer, feche-a e não execute o arquivo que eles pedem para executar. A página do blog fechará também, mas é só entrar no blog novamente. Sei que é chato, pois às vezes o blog é fechado toda hora, mas é o que está funcionando no momento.
Se você tiver um super firewall, esta falsa mensagem não aparecerá.
Notei também que em iPads este problema também não aparece.
Obrigada pela compreensão.

Jun 18, 2014

Going to the loo? (palavras para designar 'banheiro')

Parque do Harry Potter, 'public conveniences' - à esquerda.
Foto: Magda Mendes Marques
Se você já foi à Inglaterra, provavelmente ouviu a palavra 'loo' para designar 'banheiro/toalete', certo? Mas, você sabe a origem de 'loo'? Há algumas teorias. Uma delas afirma que 'loo' veio de 'room 100', que era o local normalmente reservado para o banheiro nos prédios na Inglaterra (e em outros locais na Europa). Como a escrita de "100" e "l00" se parecem muito, seria uma boa explicação por que '100' acabou virando 'loo'.

Outra teoria é a de que 'loo' vem da expressão francesa "gardez l'eau!", normalmente dita quando as pessoas estavam prestes a despejar o conteúdo do penico pela janela! A frase significa 'watch out for the water' (cuidado com a água). A pronúncia de "l'eau" pode ter dado origem à 'loo'.

Há mais uma teoria (de Michael Quinion) que diz que 'loo' pode ter vindo da pronúncia errada das palavras francesas 'le lieu', que significa 'o lugar', eufemismo para 'banheiro'. Além disto, Quinion também observa que é mais provável que 'loo' tenha se originado de "lieux d'aisances', 'lugares de alívio', que era usado para designar banheiro e que pode ter sido aprendido pelos oficiais britânicos durante a Primeira Guerra Mundial. No entanto, não há muito fundamento para provar tal teoria. Se você ficar curioso sobre esta e outras teorias, dê uma olhada aqui

Seguem outras palavras para restroom (banheiro):
bathroom, lavatory, water closet (W.C.), powder room, the Gents', the Ladies' (informal).

Seguem outras palavras para toilet (privada):
latrine, e mais informalmente: head, john, johnny, pot, potty, privy.

Se você for aos parques temáticos em Orlando e na Califórnia, verá que alguns banheiros têm nomes bem interessantes:  'prince' e 'princess' ('príncipe' e 'princesa', perto da Pinnochio Village, no parque Magic Kingdom), ou 'caballeros' e 'damas' (perto da atração Piratas do Caribe, também no Magic Kingdom), ou 'kings' e 'queens' ('reis' e 'rainhas', perto da atração Alice no País das Maravilhas, na Disneylândia, Califórnia). No parque do Harry Potter (Universal Islands of Adventure), você encontra 'public conveniences', perto na Zonco's (dê um zoon na foto acima e você verá!). Viu como os responsáveis por estes parques se preocupam com cada detalhezinho? 

Fontes:
http://thesaurus.com/browse/restroom
http://en.wikipedia.org/wiki/Restroom#Etymology


Jun 13, 2014

Are you mental?! Algumas gírias britânicas

O tópico hoje é sobre algumas palavras que são tipicamente gírias britânicas. Se você estiver indo para a Inglaterra, já pode ir treinando!

  1. bloke - é o mesmo que 'cara', ou 'guy' em inglês americano. Ex. He's a nice bloke, but I think she deserves better. (Ele é um cara legal, mas acho que ela merece alguém melhor.)
  2. thick - é o mesmo que 'burro'/'idiota'. Ex. How can Charles be so thick? His girlfriend has been lying to him for ages! (Como o Charles pode ser tão burro? A namorada dele mente para ele há séculos!)
  3. quid - significa 'uma libra esterlina', a moeda da Inglaterra. Em inglês americano, eles usam 'bucks'. Exemplo: 'Do you want to win 100 quid'? (Você quer ganhar 100 pilas?). Note que 'quid' é sempre usado no singular, enquanto que 'bucks' é usado no plural, normalmente. O equivalente no inglês americano para o exemplo citado seria: 'Do you want to win 100 bucks'?
  4. wicked - significa 'muito/realmente'/ 'extremamente'. Veja os exemplos:
  • "This car is wicked cool!" (Este carro é muito legal mesmo/ irado!)
  • "The traffic today is wicked slow!" (O trânsito hoje está super lento!'
  • "I hate this wicked hot weather! (Odeio este clima tão quente./quente dos infernos!)
     5.  mental - significa 'doido/insano'/ 'maluco' (em inglês americano: 'crazy', 'out of your mind', 'insane'). Sempre me lembro de uma parte crucial no livro Harry Potter and the Deatlhy Hallows quando Ron salva o Harry, que havia pulado num lago congelante para pegar a espada de Griffindor. Depois que o Ron puxa o Harry da água, ele diz: "Are you mental?!"  Serviu mesmo para ver o tanto que Ron achava que o Harrry tinha pirado! 

May 26, 2014

Riddle me this, riddle me that...

Já ouviu esta frase? Tente se lembrar...ela é bem famosa no mundo dos quadrinhos e nos filmes de super heróis. Vou dar outra dica: é da DC Comics. Nada? Bem, outra dica: é de um inimigo de um super herói muito inteligente e que adora roupa preta. Adivinhou? 

A frase "riddle me this, riddle me that. Who's afraid of the big bad bat?" é do vilão Charada (The Riddler, em inglês) nas histórias do Batman. O Charada adora infernizar a vida do Batman com charadas. Normalmente estas charadas são bem complexas, mas nosso herói sempre as desvenda. Se você ficou curioso e quer saber mais sobre o Charada (por Jim Carrey), clique aqui.
Bem, mas em termos de linguagem, o que é uma charada
Normalmente, uma charada envolve um jogo de palavras com o intuito de fazer a outra pessoa pensar para resolver o enigma. Mas, uma charada também pode envolver números e outros elementos - tudo para complicar a vida de quem tem que desvendá-la. 

Charadas são bem antigas em inglês (e talvez em português também) e eram usadas como literatura na Inglaterra do século 13. 

Seguem alguns exemplos de charadas para crianças que encontrei neste site aqui.

1)  What has two hands, a round face, always runs, but stays in place? 
Resposta: a clock

2) I run but never walk, I murmur but never talk,I go but never stop. What am I?
Resposta: a river

3) If there are three oranges and you take away two, how many will you have?
Resposta: two, because you took 2.

4) What belongs to you, but is used more by others?
Resposta: your name.

Você é bom em desvendar charadas? Eu sou péssima!

May 16, 2014

"Summary", "resume" e "resumé"

Muitas vezes as pessoas pensam que "resumo" em inglês é "resume", mas não é. Veja as definições de "summary", "resume" e "resumé" para acabar com a confusão.

Summary significa 'resumo'. O verbo é "to summarize" (resumir) ou "to sum up". Ambos regulares (as formas no passado são 'summarized' e 'summed up').

Exemplo:
Jessica has a very nice biology summary to help us study for the test. (A Jéssica tem um resumo de biologia muito bom para nos ajudar na prova.)

Resume significa 'recomeçar, começar de novo após uma breve pausa'. É um verbo regular e o passado é 'resumed'.
Se você já esteve nos parques da Disney ou Universal, já deve ter ouvido o seguinte anúncio quando alguma atração falha ou para de repente:

"Please, remain seated. Your ride will resume shortly." (Favor permacecer sentado. A atração vai recomeçar logo.)

Resumé - com acento mesmo, pois vem do francês - é uma versão um pouco mais resumida do seu Curriculum Vitae.

Exemplo:
Please, send me your resumé to see if you can be a candidate to work for us. (Favor enviar seu CV para ver se você pode ser um candidato a trabalhar conosco.)


Apr 11, 2014

Usos da palavra "still"

A palavra "still" pode funcionar como adjetivo, advérbio e substantivo. Seguem exemplos de cada um.

O primeiro exemplo é da música "Be still my heart"

1) Be still my heart
Neste caso, 'still' significa 'quiet/silent/not moving' (quieto/calmo/parado). Tem função de adjetivo.
Outros exemplos de 'still' com este mesmo sentido:
- It was very early in the morning, so the house was completely still (= quieta/calma/silenciosa)
- Keep still if you don't want anybody to spot us (=quieto/parado/imóvel)

2) To remind you how I still love you. Este exemplo é de outra música: Love of my life, do Queen.

Neste caso, 'still' significa 'until now/ up to this moment' (até agora/ainda). Tem função de advérbio. Também pode significar "ainda" no sentido de "apesar de tudo".
Outros exemplos:
- Do you still have that old photo frame I gave you years ago? (Você ainda tem aquele porta retrato antigo que te dei?)
- People showed all the evidence against John, but he still denied having been involved in the case. (Mostraram todas as provas contra John, mas ele ainda negou estar envolvido no caso).

3) ...in preview and stills. Este exemplo é de uma notícia sobre a série de TV americana "Agents of SHIELD". É bem comum quando se lê sobre filmes e séries. A frase toda é "Agents of SHIELD season 1, episode 18: foes step forward in preview and stills. Siga o link para ver o artigo todo.

Neste caso, 'still' é um substantivo e significa uma foto de uma cena de um filme/série. No exemplo, a palavra está no plural (stills). 
Outro exemplo:

   Have you seen the new still from "The Fault in Our Stars"? 
- Have you seen the new still from It's wonderful! (Já viu a nova foto do filme "A Culpa é das Estrelas"? É maravilhoso!




Apr 4, 2014

O que 'feat.' nas músicas?

Você já deve ter reparado que agora quase todas as músicas aparecem com 'feat.', não? Olhando as listas de músicas mais populares, a gente se depara com vários exemplos. Veja estes do iTunes (EUA) desta semana:

Dark Horse, Kate Perry feat. Juicy J


Talk Dirty, Jason Derulo feat. 2 Chainz

Drunk in Love, Beyoncé feat. Jay Z

Então, a pergunta parece bem apropriada, não? Acho que as pessoas que não são de países de língua inglesa ficam curiosas.

Bem, "feat." nos exemplos acima significa "featuring", que quer dizer 'apresentando'. Simplesmente indica que um outro cantor participa da música. 
Às vezes, a palavra toda "featuring" aparece, mas as abreviaturas "feat." e "ft." são mais comuns.

O verbo "to feature" também é constante em textos sobre filmes. Veja os exemplos: 


"Disney's CG-animated comedy/adventure features a video game villain trying to create a new life for himself."
"However, one film that could very well be suffering damage from pirating is Warner Bros.' crime drama Gangster Squad, which features Sean Penn and Josh Brolin."

Nestes exemplos (fonte: www.mashable.com), "features" significa "mostra/apresenta". É simples assim!


Mar 21, 2014

expressões com 'figure'

Já se deparou com a expressão "go figure"? E com "it figures"?  Então segue uma breve explicação destas e outras expressões com a palavra "figure".

1) Go figure
normalmente significa "vai saber/quem entende/é estranho".
Exemplos:
a) John has always dreamt about buying a new car. Now that he can afford it, he says he doesn't want it anymore. Go figure!
b) All Anna did was talk nonstop about her new boyfriend a month ago. Now when we ask her about him, she changes the subject. Go figure!

2) It figures
significa "faz sentido/é explicável/ não é surpresa nenhuma".
Exemplos:
a) Amy was the one who got the promotion. It figures, as she is a very dedicated and hard-working employee.
b) A: Who broke the window?
B:  It was Bob.
A: It figures. He's always so clumsy.

3) five figure salary
se uma pessoa tem um "5 figure salary", significa que ela ganha um salário com 5 dígitos, por exemplo 10,000.  Da mesma forma, um "six figure salary" contém 6 dígitos, e assim por diante.
Exemplo:
His salary is in 6 figures, but he doesn't tell us exactly how much he earns.

4) to put a figure on something
significa dizer exatamente quanto alguma coisa custa ou vale.
Exemplo:
I know that this exotic crystal mirror costs a lot, but I can't put a figure on it.

5) to figure something out
significa "resolver um problema/ achar a solução / entender".
Exemplos:
a) Now I've figured out why Hannah was so angry this morning. She met her ex in the elevator.
b) I'll give you this map and some instructions. I hope you can figure out how to locate the building.
c) Don't worry about us: we have all figured out. We'll split into teams and look for the missing object.

I hope you've figured out how to use these expressions!

Mar 7, 2014

10% is ou 10% are?

Quando escrevo em inglês, sempre me deparo com esta dúvida. Devo falar "10% is" ou "10% are"? Bem, pode ser os dois, na verdade.

1) singular
Usa-se o singular se o substantivo próximo da porcentagem for singular.

Exemplos:
a) Ten percent of the population is illiterate.
b) Eighty percent of the house was destroyed by the fire.

2) plural
Usa-se o plural se o substantivo próximo da porcentagem for plural.

Exemplos: 
a) Twelve percent of the students were doing the course for the second time.
b) Fifty percent of the chairs were taken.

Atenção: se o número/porcentagem não for seguido de 'of", usa-se o singular.
Exemplos:
a) Eighty percent is a high proportion.
b) Ten percent is not enough for John to close the deal.


Esta regra também se aplica a quantidades, preços, frações e distâncias.

Exemplos:
One third of the students were paying attention to the teacher.
One third of the water was polluted.
$ 300 is the minimum wage in that country.
Four miles is a lot for me to run!

Em relação ao estilo, é melhor escrever quantias, números, frações e porcentagens por extenso, no começo das frases. Se o número for menor que dez, deve-se escrevê-lo por extenso.

Exemplos:
The class was very engaging. Ninety percent of the students were paying close attention to their tasks. (e não: 90% of the students...)
He loves running, so 12 miles is not a big deal for him.
I hate running, so two miles is a nightmare for me!

Espero que este tópico tenha sido 100% fácil para você!

Feb 21, 2014

Some time x sometimes

O tópico de hoje é bem simples: quando usar 'some time' e 'sometimes'.

Some time significa 'um dia destes', 'uma ocasião' em que não sabemos ao certo quando vai acontecer. A ideia de repetição não está implícita.

Exemplos:
1) Let's have dinner together some time next week. (Vamos jantar um dia na próxima semana.)
2) We could travel some time later this year. What do you think? (Poderíamos viajar mais para o fim do ano).

Sometimes é um advérbio de frequência. Ele expressa com que frequência alguma coisa acontece e implica repetição. Não se prende a ocasiões futuras, apenas. Pode ser usado para o presente e para o passado também.

Exemplos:
1) I sometimes read my favorite parts of books more than three times. (Às vezes leio as partes favoritas de alguns livros mais do que 3 vezes.)
2) When John was younger, he sometimes liked to stay over at a friend's house. (Quando o John era pequeno, ele gostava de ficar na casa de amigos, às vezes)
3)  A: Do you often go to the movies? (Com que frequência você vai ao cinema?)
B: Sometimes. (Às vezes)

A posição de sometimes na frase pode ser no começo, meio e fim
:
1) Sometimes I forget where I've parked my car!
2) People are crazy sometimes.